Quanto custa ter um pet? Veja dicas para economizar

Os humanos que possuem um bichinho de estimação sabem que ter um amiguinho é muito gratificante. Eles são ótimos companheiros e muito amorosos, mas há uma coisa que às vezes não pensamos quando resolvemos ter um pet. O bolso. Além dos cuidados, atenção e dedicação, ter um animal de estimação custa dinheiro. Para ajudá-lo a se preparar e não ter surpresas desagradáveis, vamos listar os principais custos e desembolsos necessários quando se tem um bichinho.

Comece anotando todos os custos que você terá com o bichinho, este é um importante passo para saber como encaixar os gastos no seu orçamento.

As despesas iniciais, dependem do muito do que você está disposto a pagar por um pet de pedigree. Um gato de raça pura como persa, siamês e esfinge pode custar de R$ 500,00 a mais de R$ 1.000,00. Um filhote de cão com pedigree pode custar a partir de R$ 800.

Para reduzir este custo inicial, há sempre a possibilidade de adotar um bichinho. Assim, além de economizar com a compra, você ajuda um animal que está precisando de um lar. E, com certeza, o amor do bichinho por você será imenso.

O segundo passo é pensar nas despesas com veterinário. Há o custo dos exames de saúde, vacinas e vermífugos, além da castração, que é aconselhável para os animais adotados. A castração ou esterilização pode variar de R$ 250 a R$ 700, pois depende do sexo, idade, peso do bichinho e do estabelecimento, já que não existe uma tabela padronizada de preços. Nos últimos anos, algumas prefeituras têm feito campanhas para castração dos animais, geralmente ocorrem em períodos específicos do anos, mas não tem custo para o dono. Por isso, vale a pena acompanhar as ações da cidade em que você mora.

Além da saúde, o pet precisará de um local para dormir, comedouro para água e comida, alguns brinquedinhos, coleira e, no caso dos gatos, uma caixa de areia. Estes itens podem variar bastante em relação ao preço. O ideal aqui é pesquisar e pensar na qualidade e durabilidade, além do custo do produto. Comprar objetos baratos, mas que não sejam de boa qualidade, fará com que você desembolse mais a longo prazo.

Para os felinos, é bom considerar a compra de um playground ou brinquedo com local apropriado para ele arranhar. Isto evitará que ele aranha sua mobília e sofá. Outro item importante é uma gaiola para transportar o pet em automóveis. Uma versão básica que atende a necessidade de segurança do bichinho custa por volta de R$ 50.

E, claro, você precisará de comida. As rações também variam bastante entre gatos e cachorros, principalmente, considerando o porte, idades e atividade física.

Uma alternativa para economizar na alimentação é aderir a alimentação natural e fazer os alimentos em casa. Mas, caso decida aderir a esta prática é preciso muita pesquisa e informação, pois não são todos os alimentos que os animais podem ingerir. É importante ressaltar que alimentação natural não é a mesma coisa que dar o alimento dos humanos para os cães.

Há ainda uma terceira alternativa para a alimentação que é comprar a ração em grandes quantidades para reduzir o preço por quilo. Se a quantidade for muita para o seu bichinho, que tal ver com amigos e familiares se eles não têm interesse de dividir o pacote de ração com você?

Após pensar em todos os custos, você terá ideia de quanto precisará desembolsar para manter seu amiguinho feliz e saudável. Veja como está o orçamento familiar e o que pode ser feito para conciliar todos os custos dentro do que você pode gastar.

Para ajudar neste planejamento, alguns sites desenvolveram calculadoras do custo do Pet que são calibradas com a média de gastos de cada um dos itens. Assim você pode começar a ter uma base do custo mensal.

Um ponto positivo para quem prefere os felinos é o custo menor que o do cão. Além de serem menos banhos e consultas ao veterinário, a comida dos gatos também é mais barata.


DICAS PARA ECONOMIZAR COM SEU PET


Para economizar nas consultas, procure por hospitais-escolas de faculdades de veterinária que atendam os animais por preço mais baixos. Outra possibilidade é ter um plano de saúde para o pet. Em geral, você adere um plano pagando uma taxa mensal e um percentual sobre a consulta ou procedimento. É importante lembrar: jamais deixe de cuidar da saúde do seu bichinho. A prevenção ainda é a melhor forma de economizar.

Se decidir adotar um bichinho, há ONGs de proteção que providenciam os cuidados básicos com o pet assim que eles chegam ao abrigo. Por isso, alguns animais já tomam as primeiras vacinas e são castrados. Desta forma, você economiza com a compra e com as primeiras consultas ao veterinário. Nestes casos, recomendamos que seja feita uma doação a ONG, pode ser em dinheiro ou até mesmo em ração. Mesmo que isto não seja obrigatório, você ajuda com a manutenção da organização e outras pessoas e animais podem ser beneficiados.

Procure por itens usados que estejam em bom estado. Pode ser que em algum momento você precise de uma caixa maior para levar seu bichinho em uma viagem. Você pode encontrar um item assim em estado seminovo, pois geralmente não é uma coisa que as pessoas usam frequentemente.

Pesquise os preços, principalmente de ração, banhos e consultas. Os preços variam muito em cada local. Lembre-se também que a internet é um local de fácil acesso e com muitas opções para pesquisar os melhores preços.

Faça uma reserva mensal para o pet. Assim, como devemos fazer uma reserva para emergências, podemos fazer uma poupancinha para nossos bichinhos de estimação. Guardar o dinheiro antecipadamente ajuda com imprevistos sem comprometer o orçamento.

Utilize a criatividade para entreter o pet. Faça brinquedos com materiais reciclados, caixa de papelão, garrafas pet podem ser ótimos passatempos para eles, com custo zero.

Não há dúvidas que ter um animal de estimação é muito gratificante e o carinho e companheirismo deles não tem como medir em dinheiro. Mas o planejamento financeiro nos ajuda a saber o que esperar com a vinda do novo amiguinho, tornando tudo mais tranquilo. E lembre-se, uma animal de estimação tem uma vida longa, por isso, decidir trazer um a sua família requer comprometimento e dedicação.

INSTITUCIONAL
NOSSOS PRODUTOS
ONDE COMPRAR

©2020 Legnobile Pet. Todos os direitos reservados.

Curitiba/PR | CEP: 82.120-170