Quando os cães se tornaram os melhores amigos dos humanos?

Atualizado: Mar 23

Os animais de estimação foram domesticados pelos humanos há dezenas de milhares de anos, embora ainda não tenhamos descoberto exatamente em que data, em quais circunstâncias e por quais motivos. Mas, uma coisa é certa: sabemos que os cães, sem dúvida, foram o primeiro animal domesticado pelo homem.

O que não está claro é se os cães foram os primeiros animais de estimação, isto é, os primeiros animais criados e mantidos exclusivamente para a companhia e entretenimento dos humanos. Então, qual animal foi o primeiro animal de estimação? A resposta a essa pergunta é o que ninguém realmente sabe.


Entender como o vínculo humano-animal se desenvolveu é importante para a ciência, não apenas para satisfazer a nossa curiosidade, mas porque diz muito sobre a evolução da sociedade humana.

A história da domesticação dos bichos e dos animais de estimação está relacionada aos animais assumirem diferentes papéis na sociedade humana ao longo dos séculos. Saber quando o primeiro animal de estimação surgiu é o mesmo que questionar quando a vida começou.

Os seres humanos, provavelmente, mantinham por perto filhotes de diferentes espécies. Mas quando esses animais amadureciam e tornavam-se menos fofos e, talvez, mais indisciplinados, acabavam retornando à vida selvagem ou serviam de alimento aos humanos.

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Maine descobriu que os cães eram criados para consumo humano no Texas há cerca de 9,400 anos atrás. A evidência deste estudo foi um osso pequeno de cão encontrado na matéria fecal humana de um fóssil descoberto na região. O fragmento ósseo forneceu o registro conhecido mais antigo de cães na América.

Também já foram encontrados ossos de cães e gatos enterrados com humanos há cerca de 12 mil anos, mas não está claro o porquê. Há casos em que os cães recebiam enterros especiais, às vezes, com itens de alto valor em suas sepulturas, mas, novamente, o motivo do tratamento especial não é conhecido.

Há outros estudos que trazem evidências de que os cães foram domesticados na Europa, há cerca de 16.000 anos atrás e na Ásia, há cerca de 14.000 anos, estes cães descenderiam de duas linhagens de lobo diferentes.

Sabe-se também que os romanos criavam cachorros de raças pequenas há cerca de 2.000 anos, a princípio apenas par terem sua companhia, dando indícios que estes animais eram tratados como bichos de estimação. Eles parecem ter se tornado populares nesta sociedade na mesma época em que o rato se tornou uma grande praga na Europa.

Na realeza europeia, após idade média, passou a ser costume presentearem uns aos outros com cães. No século XVIII é possível encontrar várias pinturas de aristocratas e até da realeza posando com cães. Algumas raças eram treinados para atividades específicas, como ajudar na caça, mostrando que nesta época eles já seriam considerados nossos animais de estimação.

Uma outra pesquisa mais recente e realizada por uma grande rede de pesquisadores no mundo todo, publicou dados mostrando que um crânio canino de 32 mil anos foi encontrado em uma caverna na Bélgica, sendo, possivelmente o primeiro cão domesticado conhecido. Esta rede de cientistas coletou quase 1.500 amostras de DNA de restos de cães e lobos antigos para tentar resolver o mistério da domesticação.

Os cientistas acreditam que estes dados também podem ajudar a determinar quando os cães se tornaram "o melhor amigo do homem".

Fonte: Artigo escrito por Alicia Ault, publicado em Smithsonian.

INSTITUCIONAL
NOSSOS PRODUTOS
ONDE COMPRAR

©2020 Legnobile Pet. Todos os direitos reservados.

Curitiba/PR | CEP: 82.120-170